Queridos leitores/seguidores: Fechei o blog não por motivo de manutenção, mas por motivo de dúvida. Não sei o que fazer com ele no momento. Possivelmente eu o excluirei, mas não decidi sobre isso ainda. Pensarei no assunto durante esses dias e irei avisá-los em breve. Caso queiram entrar em contato comigo, visitem meu outro blog: kaze--hikaru.blogspot.com Agradeço as visitas, os convites de parceria que me fizeram e os últimoes comentários. Infelizmente, não serei capaz de respondê-los/retribuí-los no momento, por motivos pessoais. Muitas coisas tem ocorrido comigo ultimamente, e preciso lidar com elas, e manter vários blogs durante esse período da minha vida não é mais possível. Gosto muito de todos vocês, e com certeza sentirei saudades! Um grande abraço, - A Garota da Casa 12
see you later | via TumblrTumblr ``…_来自毛小贱的图片分享-堆糖网 

“É difícil lidar comigo, é complicado me entender. Às vezes grito, outras vezes não suporto nem ouvir minha voz. Às vezes me acho sem graça e chata, outras vezes discordo disso. Às vezes rio à toa, outras vezes me dói à alma ter que sorrir a alguém. Às vezes não tenho o mínimo de vergonha, outras vezes não consigo dizer “oi” a um estranho. Às vezes odeio todo mundo, outras vezes acho que foi precipitado generalizar. Às vezes me acho cheia de amigos, outras vezes acho que sou a pessoa mais solitária. Às vezes acho que odeio, outras vezes acho que gosto e em ambas às vezes, quase sempre mudo de opinião. Às vezes me acho burra por ter errado, outras vezes me acho inteligente por ter aprendido com o erro. Às vezes me sinto carente, outras vezes não quero que ninguém nem me abrace. Às vezes não consigo dormir, outras vezes não consigo acordar. Às vezes acho que chegou ao fim, outras vezes acho que só começou. Às vezes sou insegura, outras vezes sou um poço de segurança e certeza. Às vezes sinto demais, outras vezes sou uma pedra de gelo. Às vezes acho coisas demais, outras vezes acho que não acho nada e me sinto muito confusa para entender isso. Às vezes fico me sentindo perdida, outras vezes continuo me sentindo assim. Odeio decepcionar, mas às vezes nem percebo o quanto consigo magoar alguém só com minhas palavras.” —  Ana Mercy.   

3 comentários :

Leia antes de escrever algo:
★ Muito obrigada por comentar ^.^
★ Por favor, seja educado. Nada de xingamentos.
★ Críticas são sempre bem-vindas, desde que construtivas.
★ Aceitamos tags e selinhos que nos interessarem.
★ Deixe o link de se blog! Retribuiremos a visita e o comentário na medida do possível.

 
Layout feito por Lee Juliette | Não retire os créditos